Pesquisar no blog

domingo, 20 de novembro de 2016








WORKSHOP


CULTO YORUBÁ E AS ENERGIAS DA NATUREZA

IFISMO  -  A PALAVRA DE DEUS

PLANTA DE PODER



PALESTRANTES:

OBAALASE OLUWO WILLER DE ALMEIDA
IYANIFÁ GBEMI SOLÁ NILMA ALMEIDA
ERELÚ IYA OSUN, IYANIFÁ FATIMA GILVAZ


LOCAL  :  

ILE ASE EFUNLASE  -  RIO DE JANEIRO

28 DE JANEIRO DE 2017    (SÁBADO)

9:00  HS    -     18:00 HS



INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES  :

(21) 99958-7230   (WHATSAPP)
                       (21) 99713-3777

e-mail:  efunlase@gmail.com



VENHA SABER MAIS SOBRE O CULTO TRADICIONAL
ESTAMOS A SUA ESPERA


VAGAS LIMITADAS
GARANTA JÁ A SUA


terça-feira, 15 de novembro de 2016

Ki Gbá Àse a todos !!!

Epa Raio de Sol !!!

Agradeço hoje e sempre, por tudo o que o Mestre Raio de Sol significa e representa.
A festa, que aconteceu em outubro/2016, foi a forma de dizer muito, muito obrigada !!!
Agradeço também a colaboração e a presença de todos.
Àse !


RAIO DE SOL

(Erelú Iyá Òsún Funké, Iyanifá Fun Mi Lolá, Fatima Gilvaz)


SER ILUMINADO
QUE VEM DAS ESTRELAS
DE SABEDORIA INFINITA
E DE INFINITA BONDADE

VEM EM NOSSO AUXÍLIO
TRAZENDO O AMOR UNIVERSAL
MOSTRANDO QUE SOMOS UM, APESAR DE INDIVIDUAL

MESTRE DO ASTRAL
QUE COMO UM RAIO DE SOL
ILUMINA A VIDA NA TERRA
E O ORÍ PESSOAL

LUZ DOS MEUS OLHOS
LUZ QUE TRANSFORMA
LUZ QUE ENSINA

ESSE É O RAIO DE SOL !

















terça-feira, 8 de novembro de 2016

OYA

Resultado de imagem para furacão

Seu nome é composto pela contração de duas palavras:
 O + ya  = ela rasgou.  
Saudação : Eèpàà héé Oya!

Duas espadas, um par de chifres de búfalo e ìrùkére (um rabo de cavalo, encravados em um cabo de cobre). São os elementos que representam a imagem da deusa guerreira e sua essência selvagem.
Um ìtàn (mito) conta que, um Rei dos Nupe consultou Ifá para saber como prevenir-se contra invasões dos inimigos.  Foi recomendado ao Rei que desse um pano preto a uma virgem, para que ela o rasgasse.  Entre as virgens, o Rei escolheu sua filha.  Na frente de todos a jovem rasgou o tecido negro; - O ya = Ela rasgou!  Jogou as duas partes do pano no chão, que transformaram-se em um rio negro, circundando o reino, formando uma ilha, e assim o protegendo.  A ilha de Jebba está no rio Níger.  Fala-se que esta ilha é o local para se retornar para a morte, onde as almas descansam.  O rio Niger, um dos principais locais de culto para Oya, possui nove afluentes.
Oya é a divindade, òrìsà do rio Niger e tem a água como elemento, além de estar ligada aos animais selvagens, aos espíritos, e ao furacão, e ser membro da Egbé Gèlèdè.
Ela recebe o Título de "Ìyá més ò n Òrun"(Mãe dos Nove Céus).
Oya é a deusa do ar, do vento, da tempestade, e dos mortos (Éégúns).  É costume saudar Oya com a frase :
"Oya aláagbára inú afééfé "!
Oya a poderosa que vive nos ventos.
Impetuosa, guerreira e de forte personalidade, é também rainha dos espíritos, sendo reverenciada no culto de Egúngún.  Oya está muito ligada ao culto de Egúngún, pois é ela quem encaminha os espíritos dos mortos para o Òrun, através do ritual do Àsèsè.  Oya Gbálè (Oya que varre), é o título que Yansã recebe dentro da sociedade de egúngún.

Oya é uma grande bruxa e a guardiã dos portões da morte.  Oya tem fortes ligações com os antepassados.  Ela deve estar envolvida em qualquer cerimônia ancestral.  Sendo uma bruxa, ela fica confortável com todos os assuntos ocultos. 

Oya, no combate ao mal é a verdadeira fúria de um vendaval, ela livrará qualquer pessoa que se coloque sob a sua proteção, desde que essa pessoa esteja correta.  Oya é a mulher do furacão, a deusa a quem se dedica o rio Niger, chamado de Odo Oya, o rio de Oya.

         
Oya, é uma poderosa e habilidosa caçadora que gosta de caçar os mais selvagens animais da mata: leopardos, antílopes e elefantes...

Como o guerreiro feminino do panteão de Yorubá, ela representa o poder feminino.  Ela é forte, corajosa e independente e sempre está disposta a correr riscos.  Quando está enfurecida, ela pode criar tornados e furacões, mas estes também acontecerão quando ela está pronta para fazer mudanças.
Oya é uma  guerreira feroz e a portadora da mudança. Ela é uma mulher determinada, disciplinada e poderosa. Controla os ventos, ela é o próprio tornado.  Oya é o Òrìsá das tempestades,  ela é muito temida, devido a seus poderes, quando ela pode, cria tempestades tão poderosas, que podem destruir uma cidade.   A destruição que ela faz, trás mudanças.  Sempre que há uma tempestade que trás destruição, a mudança é necessária para reconstruir.  Novas casas, novos negócios, nova vida.  Isso é Oya !
Quando você está passando por mudanças, saiba que Oya está por perto. Ela é uma mulher de negócios e astuta.  Na cultura Yorubá, ela é conhecida como uma grande comerciante do mercado comunitário.  Ela também é dona do mercado, onde vende seus produtos.
Como Oya é uma mãe rigorosa, mas compassiva; ela irá guiar seus filhos, mas não fazer o trabalho por eles.  Ela vai lhe dar um pouco de tempo para chorar e lamentar-se sobre os seus problemas, então ela espera você se recompor e irá embora.   Ela odeia mentiras e enganos.  Ela, com certeza, punirá aqueles que não sejam corretos.  Ela pode rasgar um inimigo em pedaços. 

 

Trabalho de pesquisa:

 - Adaptado por Erelú Iyá Òsún Funké, Iyanifá Fun Mi Lolá (Fatima Gilvaz)

 - Vários sites sobre o assunto:
   Wagner K.S. Ti Ològún
- Autores:
  Pierre Verger
  Reginaldo Prandi


Visite o nosso SITE:  www.efunlase.com
Contato : E.U.A. 0021 1 305 998-9214  (WhatsApp)

                 Brasil (21) 9971-33777