Pesquisar no blog

quarta-feira, 24 de março de 2021

 

Elenini

 

 

A cultura Yorubá, identifica Elenini como uma energia que o objetivo é criar dificuldades e obstáculos no destino do ser humano.

Se a pessoa está sendo atacado por Elenini, encontrará fracasso e negativos nos caminhos de sua vida.

 

Elenini é o testemunho de nossas aspirações, quando ainda estamos no céu, antes de nascer.  Quando Olodumare enviou os Orisa à Terra, enviou também Elenini, para que este vigiasse o comportamento de todos os seres na terra  e testasse a determinação e o caráter de cada um, oferecendo tentações e várias armadilhas que colocassem em risco os propósitos e pactos feitos no céu, antes de nascer.

 

Elenini é a energia que te colocará a prova diante de tudo o que não se deve fazer.  Isso para saber o quão correto e merecedor de bençãos você pode ser.

A sua missão é criar dificuldades para entrar em conflito com Ori.  Ele é visto como o inimigo do Ori, e a sua função é atrapalhar toda a busca do Ori.

 

Para afastar a energia de Elenini e vencer suas barreiras é preciso a prática do bom caráter, de boas ações, sem ego, sem malícia, seguindo a verdade e evitando o negativo, aceitando as orientações e aconselhamentos de Ifá. 

 

Quando a pessoa está dominada por Elenini, se torna cega para as boas ações, abrindo, dessa forma, portais para a entrada de Ajogun na vida.

O Ajogun aproxima o ser humano de forças como Iku (morte), Arun (doença), perdas e outros negativos.

Fazer ebó e bori é a forma de fortalecer o Ori contra essas forças negativas.

Quando se tem um ataque de Elenini, é preciso que o Ori esteja forte e equilibrado  para poder superar esse ataque.

Esses ataques se dão quando a pessoa chega a um estado de total derrota.  Nessa hora, é preciso muita força de vontade para se levantar e afastar o fracasso, a infelicidade, o ódio, preconceito, egoísmo, pensamentos negativos, a intolerância .... e tudo o mais de negativo.

 

Todas essas energias negativas criam um portal por onde Elenine entra, fazendo aparecer obstáculos que atrapalham o bom andamento da vida.

É preciso ficar atento sempre ao excesso de confiança, de vaidade, soberba, ganância, porque todos esses comportamentos levam para as armadilhas de Elenini.  

Mas não se pode colocar a culpa de suas más ações e conduta, em Elenini.

É primordial que se tenha responsabilidade com seus atos e escolhas.

Alcool, mentira, promiscuidade, drogas...  todos esses comportamentos levam a ações de Elenini.

 

É preciso consultar o oráculo Ifá e seguir as orientações do Sacerdote, e procedimentos para se fortalecer e bloquear a ação de Elenini.  É preciso o equilíbrio espiritual, para se poupar de Elenini, e consequentemente de Ajogun.

 

 

Trabalho por :  

 

Obàaláse Oluwo Willer Almeida 

Erelú Iyá Òsún Fatima Gilvaz

 

Pesquisa:

- Vários sites sobre o assunto

 

 

Visite o nosso SITE:  www.efunlase.com

Visite os Blog's :  ifaorixaefunlase.blogspot.com

                               mestreraiodesol.blogspot.com

                              

Contato : Brasil (21) 99713-3777  (WhatsApp)

                            (21) 99958-7230  (WhatsApp)

 

                 E.U.A. 0021 1 305 998-9214  (WhatsApp)

                               0021 1 786 303-0674  (WhatsApp)

 

 

 

 

quinta-feira, 18 de março de 2021

 

MENTE  x  MATÉRIA

 

 

No mundo em que vivemos existem duas manifestações :  a Mente  e  a  Matéria.

 

A principio, a individualidade começou no plano mais elevado da mente, no Espírito Puro.  Depois foi tomando uma proporção densa até alcançar a Matéria.

Estar na superfície, representa o nascimento da Alma, o espiritual.

Quando escolhe a descida às profundezas densa e turva, representa a ída da Alma para a Matéria.

Quando a alma se dá conta da escuridão, ela tem a escolha de começar a longa jornada de retorno à superfície, se dando o processo de evolução.  Depois de passar por todo o lento desenvolvimento, a mente inferior e a mente superior se encontram e nesse momento, o individualismo deixa de existir, se tornando o todo.

 

A mente e a matéria são dimensões da mesma criação.  Portanto devem caminhar juntas e em proporções equilibradas.

Em alguns momentos, é possível pensar que a única solução para o bom andamento da vida é a busca do espiritual.  Então se dá o inicio de uma busca, entrega e crença de que tudo se resolverá e que irá cada coisa para seu devido lugar.

Realmente, com entrega, confiança, fé e seguindo as orientações do alto, o resultado será positivo.

Mas o que precisa estar bem claro é que se não manter essa busca, entrega e fé, a força do alto que trouxe o positivo, começa a enfraquecer até que abrem-se buracos astrais ao redor, possibilitando assim, a interferência de energias de baixa vibração.

Com isso se dá o inicio da descida, que começa com a importância do corpo(matéria),  sendo maior do que a importância da alma(mente).

 

Com a vida acelerada dos dias de hoje, é preciso vigiar para que as ofertas da matéria não poluam ou substituam a importância da mente alcançar o Sagrado.

Hoje, no mundo moderno e capitalista em que vivemos, o culto ao corpo tomou uma proporção desenfreada, acompanhado de futilidades e vaidades que só afastam o sagrado, por esse motivo, é preciso toda atenção e cuidado para que haja o equilíbrio entre corpo e alma.  Esse equilíbrio leva ao sucesso !

 

Por outro lado, existem pessoas, a todo momento, se perdendo dentro de seu próprio corpo, porque esquecem de que possuem uma mente, uma alma, que precisa ser nutrida pela força espiritual, a força do alto, do Divino.

 

Alguns tem o privilégio de conhecerem e usufruírem desse equilíbrio, de adquirirem orientações para se manterem nesse estado de equilíbrio, que leva ao crescimento e ascensão, mas na hora em que se encontram plenos, preenchidos, realizados, principalmente na parte material, profissional e familiar, se afastam;  e muitas vezes se esquecem da fonte onde conseguiram toda essa plenitude e mais, esquecem de como mantê-la.

Algumas dessas pessoas, não se dão conta de que continuam pregando tudo o que as levaram para o alto, mas esquecem de seguir, de fazer o que falam, e assim, se perdem no deslumbramento da matéria.  Nesse momento, está se dando a escolha da descida na mente (alma).

           

 

 

Trabalho por :  

 

Obàaláse Oluwo Willer Almeida 

Erelú Iyá Òsún Fatima Gilvaz

 

Pesquisa:

- The holy Odu (Awo Fategbe Fatunmbi Fasola)

- Vários sites sobre o assunto

 

Visite o nosso SITE:  www.efunlase.com

Visite os Blog's :  ifaorixaefunlase.blogspot.com

                               mestreraiodesol.blogspot.com

                              

Contato : Brasil (21) 99713-3777  (WhatsApp)

                            (21) 99958-7230  (WhatsApp)

 

                 E.U.A. 0021 1 305 998-9214  (WhatsApp)

                               0021 1 786 303-0674  (WhatsApp)

 

 

sexta-feira, 5 de março de 2021

 

Conhecendo e Ultrapassando Limites

 

Quantas vezes você se vê adiando seus planos e objetivos ?

Deixando p/ depois o que poderia fazer agora ?

Já parou para pensar e analisar porque você age dessa forma ?

 

Muitas das vezes você, inconscientemente, bloqueia o seu movimento e o seu sucesso.

Você traça metas, sabe o que precisa fazer para colocá-las em ação, mas na verdade não tem coragem, não se acha capaz de fazê-lo.  Tem medo de não conseguir, de ser criticado, e com isso, você permanece na inércia, se deixando levar pelo medo que você mesmo criou. 

Esse fantasma te assombra, fazendo com que você tenha a certeza de que não será capaz, que não irá conseguir.  Assim, você bloqueia inconscientemente, mas profundamente, a sua capacidade de executar.  Fica paralisado diante das oportunidades, e não sabe explicar o porque.

Você sabe que se preparou, se organizou, estudou, mas não consegue forças e entusiasmo para seguir em frente.

Se perde em seus pensamentos, sem encontrar uma resposta que justifique essa falta de atitude.  E com isso acaba não caminhando e estacionando o seu projeto, colocando-o no fundo da gaveta.

Isso é a forma que encontramos para não correr riscos.  E isso acontece em várias áreas da nossa vida:  no trabalho, nos relacionamentos, nos sonhos, nos estudos, nos projetos de vida, e assim vai.....

Mas o que é a vida, se não correr riscos ?

É preciso deixar no passado a insegurança, a falta de tempo, enfim, as desculpas para não seguir em frente. 

É preciso parar de se boicotar !

É preciso dar um fim em tudo isso e decidir entrar em ação.

É chegada a hora de se mostrar, de se assumir, de parar de ficar esperando a hora certa.  É você quem faz as oportunidades e a hora certa.

A insegurança é uma emoção, fruto dos pensamentos e não um fato, por isso é plenamente controlável.

Não se pode deixar que o medo tome conta, porque assim, vem a ansiedade, e isso faz bloquear as ações e pensamentos, impedindo de agir.

Com o tempo, se cria padrões de comportamento, e que é preciso analisar o que esses comportamentos trazem de positivo e de negativos para você.

Muitas vezes, atraimos pessoas e grupos que agem dentro dos mesmos padrões, isso faz com que você se acomode e ache que tudo é normal.

É preciso se livrar desses comportamentos repetitivos, sair da zona de conforto.

É preciso se livrar de todo esse negativo que te leva pra baixo, e tomar as rédeas da sua vida e vigiar, se mantendo no comando de suas atitudes, não permitindo cometer os mesmos erros.

Se erga, seja forte e se livre dos demônios que querem te manter nos mesmos movimentos sabotadores.

 

 

Trabalho por :  

 

Obàaláse Oluwo Willer Almeida 

Erelú Iyá Òsún Fatima Gilvaz

 

Pesquisa:

- Vários sites sobre o assunto

- Fernanda Peris

 

 

Visite o nosso SITE:  www.efunlase.com

Visite os Blog's :  ifaorixaefunlase.blogspot.com

                               mestreraiodesol.blogspot.com

                              

Contato : Brasil (21) 99713-3777  (WhatsApp)

                            (21) 99958-7230  (WhatsApp)

 

                 E.U.A. 0021 1 305 998-9214  (WhatsApp)

                               0021 1 786 303-0674  (WhatsApp)

 

 

 

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

 

ÀSÈSÉ

 

 

O rito funerário denominado àsèsé, é o desfazer de laços e compromissos e a liberação das partes espirituais que constituíam a pessoa que morreu.  É uma cerimônia onde se faz a ruptura de todos os objetos sagrados com o morto.

O àsèsé é a última homenagem para o morto.  É nesse ritual que ao mesmo tempo que o morto é aceito entre os ancestrais que se foram antes dele, é feita a liberação do orí, pelo òrìsá, que retorna para o òrun.

 

Morrer é ir e voltar, dentro da ótica africana da realização da vida. Nascemos de novo porque é aqui que realizamos e plantamos o àse para que o planeta Terra tenha continuidade.

O corpo do morto volta à terra para ser transformado em matéria prima para novos seres humanos.

 

A morte é transitória, porque o termo morrer, não tem grande sentido, pois se tem a consciência que ela representa apenas um pulo de uma vida para outra, cujo mistério e segredos só Obàtálá é sabedor.

 

Nas mais diferentes culturas, a morte está contida na própria concepção da vida e ambas não se separam. Os Yorubá e outros grupos africanos que formaram a base cultural das religiões afro, acreditam que a vida e a morte alternam-se em ciclos, de tal modo que o morto volta ao mundo dos vivos, reencarnando em um membro da própria família.

 

Para os Yorubá, existe um mundo em que vivem os homens em contato com a natureza, o mundo dos vivos, que chamam de àiyé, e um mundo sobrenatural, onde estão os òrìsá, outras divindades e espíritos, e para onde vão os que morrem, mundo que chamam de òrun.  Quando alguém morre no àiyé, seu espírito, ou uma parte dele, vai para òrun, de onde pode retornar ao àiyé nascendo de novo, reencarnando.

 

Os espíritos dos mortos ilustres (reis, heróis, grandes sacerdotes, fundadores de cidades e de grandes linhagens) são cultuados e se manifestam nos festivais de egungun no corpo de sacerdotes mascarados, preparados para esse tipo de ritual.

Na concepção Yorubá, existe o corpo material, que eles chamam de ara, o qual com a morte decompõe-se e é reintegrado à natureza, mas, em contrapartida, a parte espiritual é formada de várias unidades, cada uma com existência própria.

As unidades principais da parte espiritual são:

- o sopro vital ou èmí;

- a personalidade-destino ou orí;

- a identidade sobrenatural ou identidade de origem que liga a pessoa à natureza, que é o òrìsá de cada um ;

- o espírito propriamente dito ou egun.

 

Cada parte precisa ser integrada no todo, que forma a pessoa durante a vida, tendo cada uma delas um destino diferente após a morte.

O èmí, sopro vital que vem de Olódùmarè, dado por Obàtálá e que está  representado pela respiração, abandona o corpo material na hora da morte, sendo reincorporado à massa coletiva que contém o princípio genérico e inesgotável da vida, força vital cósmica do deus-primordial, Olódùmarè.

O orí, que contém o destino escolhido no òrun antes de nascer, que aprendeu e evoluiu na vida, com a morte, acompanha o espírito para òrun, para que possa ser preparado para reencarnar, para uma nova vida.

O òrìsá é retirado após a morte, liberando o orí para voltar para òrun, acompanhando o espírito.

 

Com a morte, estes ritos são feitos, para liberar essas unidades espirituais, de modo que cada uma delas chegue ao destino certo, restituindo-se, assim, o equilíbrio rompido com a morte.

 

O rito fúnebre denominado àsèsé, tem como principais fins, desfazer o Igba Orí, desfazer os vínculos com o òrìsá pessoal para o qual foi iniciado, desfazer os vínculos com toda a comunidade da terra,  despachar o egun do morto, para que ele deixe o àiyé e vá para o òrun, livre para ser preparado para reencarnar.

 

 

 

 

Trabalho por :  

 Obàaláse Oluwo Willer Almeida 

Erelú Iyá Òsún Fatima Gilvaz

 

Referências bibliográficas:

T'Ogun,  Altair B. Oliveira.  Àsèsé O reinicio da vida

BABAYEMI, S. O. Egungun among the Oyo Yoruba. Ibadan, Oyo State Council for Arts and Culture, 1980.

PRANDI, Reginaldo. Os candomblés de São Paulo: a velha magia na metrópole nova. São Paulo, Hucitec e Edusp, 1991.

Herdeiras do axé: sociologia das religiões afro-brasileiras. São Paulo, Hucitec, 1996

SANTOS, Juana Elbein dos. Os nàgó e a morte. Petrópolis, Vozes, 1976.

SANTOS, Maria Stella de Azevedo. Meu tempo é agora. São Paulo, Odudwa, 1993.

www.sandraepega.com.br/artigos/rituais/ajeje.htm

 

Visite o nosso SITE:  www.efunlase.com

Visite os Blog's :  ifaorixaefunlase.blogspot.com

                               mestreraiodesol.blogspot.com

                               ifismo.blogspot.com.br

 

Contato : Brasil (21) 99713-3777  (WhatsApp)

                            (21) 99958-7230  (WhatsApp)

 

                 E.U.A. 0021 1 305 998-9214  (WhatsApp)

                               0021 1 786 303-0674  (WhatsApp)

 

 

terça-feira, 18 de agosto de 2020

 

PACIÊNCIA

Qué es la paciencia y cómo practicarla en tu vida

A paciência é uma virtude humana importante, pois através dela você atinge o que espera de forma harmoniosa, sem pressa e sem pressão.

Não há outra maneira de se viver bem a não ser através do uso da paciência. Ela trará a serenidade para você ultrapassar qualquer período de transição, seja ele turbulento ou não, pois isso dependerá do seu ponto de vista e do tipo de energia que você empregar em cada situação.

Paciência é a perseverança silenciosa e constante, com isso nos tornamos  pessoas melhores. Uma pessoa paciente é resignada e resiliente, o que significa que ela consegue suportar uma contrariedade temporária sem reagir de forma inadequada.

A paciência é um dos grandes segredos das pessoas bem-sucedidas e da felicidade, já que é a paciência que nos ajuda a conseguir o que realmente queremos.

As pessoas pacientes tendem a sofrer menos depressão e emoções negativas, por poder lidar melhor com situações perturbadoras ou estressantes, conseguindo alcançar objetivos e tomando atitudes mais acertadas.

Existem dois tipos de paciência:

- Paciência interpessoal, que envolve relacionamentos de forma geral, como lidar com pessoas difíceis.

- Paciência intrapessoal, que é a capacidade da pessoa ter paciência de esperar por algo, desde um congestionamento, até conseguir um bom emprego ou tolerar as dificuldades da vida, sem desespero.

Podemos também construir paciência, respirando profundamente, e em seguida refletindo sobre a situação, ao invés de ser impulsivo.

A paciência implica no controle de si mesmo e a tolerância ao invés de simplesmente querer o que queremos na hora em que queremos.   A paciência está ligada ao autocontrole, à medida que a exercemos, exercitamos a habilidade de ter um maior domínio sobre as emoções de um modo geral.

O caminho para começar e terminar alguma tarefa ou projeto importante é longo, e os impacientes tendem a desistir quando as coisas se tornam difíceis.  As pessoas que são impacientes geralmente querem tudo agora, nesse momento. Isso vai desde o simples ato de comer, comprar, receber alguma coisa até querer levar vantagem em alguma situação. 

Pessoas impacientes muitas vezes se fazem de vítima ao invés de serem proativas e buscarem a solução para o problema.

Existem momentos em que ficamos impacientes e nessa hora corremos o risco de boicotar nosso sucesso.

A impaciência, nos deixa continuamente frustrados por não ter o que queremos, frustração que nos leva a ficar irritados, de mau humor e nos gera um grande nível de estresse.  A impaciência nos tira do presente, e nos coloca sempre na expectativa de um futuro que não sabemos como será.   

Vivemos em uma sociedade que parece ter esquecido que, para conseguir muitas coisas, principalmente as mais importantes, é necessário ter paciência.

A paciência é protetora, porque nos permite atravessar situações adversas sem fraquejar. Além disso, nos permite analisar os problemas com cuidado, encontrando a melhor solução.   Nossas decisões e nossas escolhas, são determinadas pelo quanto podemos esperar.  

Saber esperar o momento certo nos tira da esfera da auto cobrança e nos lança para um futuro mais assertivo.

 

Trabalho por :  

Obàaláse Oluwo Willer Almeida 

Erelú Iyá Òsún Fatima Gilvaz

 

 

Pesquisa :

Livro - Rituais de Poder

Professor e Psicólogo Felipe De Souza

Site:   wikpedia

 

Visite o nosso SITE:  www.efunlase.com

Visite os Blog's :  ifaorixaefunlase.blogspot.com

                               mestreraiodesol.blogspot.com

                               ifismo.blogspot.com.br

Contato : Brasil (21) 99713-3777  (WhatsApp)

                            (21) 99958-7230  (WhatsApp)

                 E.U.A. 0021 1 305 998-9214  (WhatsApp)

                             0021 1 786 303-0674  (WhatsApp)

 

sexta-feira, 3 de julho de 2020


Coragem

 Alimente sua coragem | Vida Simples



Coragem vem do latim e significa:
Agir de acordo com o que se sente verdadeiramente

Coragem é ser quem realmente é,  se aceitar e aceitar o mundo como ele é.
O medo é a falta de coragem e a falta de fé em si mesmo, é não acreditar que é capaz.
A coragem deve ser compreendida como um ato de simplificar as iniciativas para transpor os obstáculos da vida.  Algumas atitudes são tomadas pensando que estão sendo atos corajosos, mas na verdade, por algumas vezes podem estar destruindo e rompendo laços e relações.
Coragem é alinhar seus pensamentos e seguir em frente, é conseguir viver tendo um propósito na vida e no mundo.
Coragem é ter firmeza de espírito e estar alinhado para enfrentar a situação perante um risco.   É preciso ter coragem para ir em busca de sonhos e objetivos, porque o medo é formado por pensamentos que causam as ilusões em nossas mentes, dando a sensação de incapacidade.
O sucesso vem sempre atrás da coragem de ultrapassar os obstáculos, os caminhos do medo e alcançar o outro lado.
Podemos conduzir a vida com atos de coragem no dia a dia.  E ter coragem não é estar vestido com uma armadura de ferro, é se mostrar e ser verdadeiro; e isso, de nenhuma forma é ser frágil. 
A intuição trás a revelação de um ato de coragem, onde você toma a melhor providencia diante de uma situação. Isso acontece quando escolhemos uma das opções e realizamos. É a intuição agindo para se ter coragem de realizar de acordo com a escolha, sem medo de perdas, sem medo de dizer não, e sem medo de desapegar.
Você não pode alimentar o medo e crenças de ser incapaz.  Essa é a luta constante entre a essência (quem você é de fato),  e as influências externas.
O auto conhecimento e a inteligência emocional são necessários para lidar com a coragem.  Por isso precisam estar em equilíbrio.
A vida é feita de desafios.  Todos já superaram inúmeros desafios, isso só prova o quanto se é capaz de transformar por atos, atitudes e intuição.
Tomar decisões e arcar e encarar as conseqüências, é a forma de aceitar a vida, para não nadar contra a maré, ou ficar ansioso;  mas para lutar a favor das oportunidades que a vida está oferecendo no momento.
As escolhas são necessárias para evoluir.  Tomar decisões é ter responsabilidades com essas decisões e pelo impacto e reflexo que elas podem causar.   Na verdade, Viver é sair da zona de conforto.
O importante é estar vivo e se proporcionar coragem de ser quem se é, verdadeiramente.  É não estar estagnados e não esquecer de que sempre se tem o poder de escolhas.




Trabalho por :  

Obàaláse Oluwo Willer Almeida 
Erelú Iyá Òsún Fatima Gilvaz



Visite o nosso SITE:  www.efunlase.com
Visite os Blog's :  ifaorixaefunlase.blogspot.com
                               mestreraiodesol.blogspot.com
                               ifismo.blogspot.com.br

Contato : Brasil (21) 99713-3777  (WhatsApp)
                            (21) 99958-7230  (WhatsApp)

                 E.U.A. 0021 1 305 998-9214  (WhatsApp)
                               0021 1 786 303-0674  (WhatsApp)




quarta-feira, 17 de junho de 2020


PRINCÍPIOS E VALORES DA HUMANIDADE


Os últimos textos postados falam sobre alguns princípios e valores seguidos por sociedades das quais escolhemos fazer parte.
Todos eles juntos mostram o que faz a humanidade caminhar para a perpetuação da vida.
Se cada um fizer a sua parte, com certeza o mundo será muito melhor !

 

- LEALDADE

- AMIZADE - RESPEITO - TOLERÂNCIA

- CONFIANÇA - ÉTICA

- SOLIDARIEDADE - FRATERNIDADE

- JUSTIÇA

- AMOR

 

Princípios e Valores são a base, o alicerce que sustentam a Humanidade.  Se isso não estiver claro na mente dos Seres Humanos, se não for seguido, com certeza, sem dúvidas, a construção da vida irá ruir, desmoronar, se reduzir a pó.

Quando a Terra virou um caos, onde os Seres humanos haviam perdido o respeito e a decência , Deus (Olodumare) enviou Orisá Edan para restaurar a ordem, foi então fundada a Sociedade Ogboni, onde os princípios e valores são a base para que qualquer sociedade possa se desenvolver, crescer e prosperar.

Lealdade, Fraternidade, Justiça, Confiança, Tolerância, Respeito e acima de tudo o Amor Universal, são os princípios para que os Seres Humanos consigam viver um dia, com a certeza de que haverá outro, e outro.....

Seguindo esses valores, sem dúvidas, o caminho limpo e reto para dentro de você mesmo, fará com que a conexão com o Divino aconteça de forma plena. 

Não importa que o outro não esteja na mesma conexão, o que importa é cada um ter a certeza de que está fazendo a sua parte, com princípios e valores que irão sustentar a vida de forma segura.

Os Valores humanos são os princípios morais e éticos que conduzem a vida de uma pessoa.  Eles fazem parte da formação de sua consciência e da maneira como se vive e se relacionam em sociedade.   São normas de conduta que podem determinar decisões importantes e garantir que a convivência entre as pessoas seja pacífica, honesta e justa.
Os Valores são importantes em qualquer contexto ou lugar, podendo ser considerados Universais e devem ser cultivados para garantir uma vida saudável.   

A lealdade é essencial para que pessoas convivam em qualquer tipo de relacionamento, seja ele social, amoroso, de trabalho....   A lealdade caminha com o caráter.

 

O respeito é um dos valores mais importante na condução da vida de uma pessoa, porque pode influenciar em suas decisões, seus relacionamentos e em seu modo de viver.

A confiança é fundamental para o ser humano e pode influenciar todos os aspectos da vida de uma pessoa.

 

A ética pode ser definida como a reunião de princípios que determinam as atitudes de uma pessoa. Agir com ética significa viver de acordo com valores morais fundamentais.

 

A solidariedade é a capacidade de ter atenção com outra pessoa, o que demonstra a valorização e a importância dada aos seres.

 

Ser justo é ter como princípio de vida agir com integridade e igualdade, tomando decisões corretas, tanto para si mesmo como para os outros.

O Amor é o mais importante para que as pessoas possam evoluir como indivíduos, pois é através do Amor que se consegue respeitar as dificuldades e ter novos horizontes.

Hoje em dia convivemos com a existência de uma crise de valores humanos, que seria o distanciamento dos princípios éticos e morais que deveriam ser cultivados por todas as pessoas.
Por esse motivo é preciso que todos estejam atentos aos seus pensamentos, ações e palavras.  Essa auto-observação é fundamental para que os Princípios e Valores não sejam esquecidos, independentemente de situações ou contextos.
Somos formados e educados dentro de costumes e princípios, para respeitar e reproduzir valores como obrigações e deveres.





Trabalho por :  

Obàaláse Oluwo Willer Almeida 
Erelú Iyá Òsún Fatima Gilvaz


Pesquisa :
- LEITE, Jussandro Plácido. A Ética Aristotélica Na Sociedade Brasileira Atual
- Jacqueline Meireles - Psicóloga/Consultora
- H. L. Mencken
- Sites:
conceito.de
a mente é maravilhosa

Página Psicólogos - Thaiana F. Brotto

wikipedia

Visite o nosso SITE:  www.efunlase.com
Visite os Blog's :  mestreraiodesol.blogspot.com
                               ifaorixaefunlase.blogspot.com
                               ifismo.blogspot.com.br

Contato : Brasil (21) 99713-3777  (WhatsApp)
                            (21) 99958-7230  (WhatsApp)

                 E.U.A. 0021 1 305 998-9214  (WhatsApp)
                               0021 1 786 303-0674  (WhatsApp)